top of page

Como ter o direito autoral de uma imagem?.

Você sabia que a Lei de Direitos Autorais protege as imagens desde o momento da criação? Mas, como garantir o seu direito autoral sobre elas? Seja você um fotógrafo, designer ou ilustrador, é fundamental entender o que a legislação brasileira diz sobre o tema e como registrar oficialmente suas imagens para protegê-las contra usos não autorizados. Vamos explorar juntos os passos necessários para obter o direito autoral de uma imagem e entender os benefícios que isso traz para os criativos brasileiros.


Uma imagem ilustrativa de uma mão segurando uma câmera, simbolizando a proteção do direito autoral de imagens fotográficas.

Como os Direitos Autorais Protegem as Imagens:


Para entender como garantir seus direitos, vamos dar uma olhada nos pontos-chave da proteção autoral:


Lei de Direitos Autorais (LDA): 

A Lei nº 9.610/1998 protege todas as criações intelectuais, incluindo imagens, desde o momento em que elas são criadas e fixadas em um suporte tangível. Isso significa que, tecnicamente, uma imagem já tem proteção autoral desde o momento de sua criação.


Direitos Morais e Patrimoniais:

  • Morais: Reconhecem a autoria da obra e garantem que ninguém possa modificar ou distorcer a imagem sem a sua permissão.

  • Patrimoniais: Permitem ao autor explorar economicamente sua obra, licenciando ou vendendo os direitos de uso.


Duração da Proteção: 

Os direitos patrimoniais de uma imagem duram por toda a vida do autor e por mais 70 anos após a sua morte. Os direitos morais, no entanto, são perpétuos.


Passos para Garantir os Direitos Autorais de uma Imagem:


Mesmo que a proteção comece com a criação, formalizar os direitos autorais é uma etapa crucial para evitar problemas futuros. Veja como proceder:


Fixar a Imagem em um Suporte:

  • Imprima, digitalize ou armazene a imagem de maneira que ela possa ser identificada claramente.

  • Mantenha evidências da data de criação, como metadados ou arquivos RAW. Registrar no DireitoAutoral.com:

  • Faça o registro online no site, que usa a tecnologia blockchain para fornecer um registro inviolável.

  • Siga as etapas fornecidas para fazer upload de suas imagens e forneça detalhes relevantes, como título, data e descrição.


Outras Opções de Registro:

  • Escritório de Direitos Autorais (EDA): Parte da Biblioteca Nacional, permite o registro físico das imagens.

  • Creative Commons: Se preferir licenças flexíveis, considere o uso das licenças Creative Commons.


Símbolos de Copyright:

  • Use o símbolo © ou a frase "Todos os direitos reservados" nas imagens para avisar que a obra é protegida.

  • O uso do símbolo não é obrigatório, mas ajuda a prevenir infrações.


O Que Fazer em Caso de Uso Indevido:


Documente a Infração:

  • Faça capturas de tela, mantenha URLs e colete provas de uso não autorizado. Envie um Aviso de Remoção:

  • No caso de uso online, entre em contato com o administrador do site ou plataforma solicitando a remoção. Procure Assistência Jurídica:

  • Se a situação persistir, considere a contratação de um advogado especializado para iniciar uma ação judicial.


Um símbolo de copyright ao lado de uma foto, representando a importância de registrar imagens para garantir direitos autorais.

Benefícios de Registrar suas Imagens:


Prova da Titularidade:

  • O registro é uma prova concreta de que você é o autor, o que facilita o processo em caso de disputas.


Valorização da Obra:

  • Obras registradas são mais valorizadas no mercado, pois transmitem profissionalismo e segurança.


Licenciamento e Monetização:

  • O registro permite que você licencie suas imagens com mais facilidade, abrindo portas para parcerias e remunerações.


Prevenção de Plágio:

  • O registro dificulta que terceiros usem suas imagens sem permissão, pois eles saberão que a obra está protegida.


Obter o direito autoral de uma imagem é um processo simples e crucial para proteger suas criações e monetizá-las de forma justa. No DireitoAutoral.com, você pode garantir sua segurança em poucos cliques com a ajuda da tecnologia blockchain, além de receber orientação especializada para entender seus direitos e evitar problemas futuros.


Ah, e só para não esquecer: tanto os textos quanto as imagens que adornam nosso blog têm seus direitos autorais devidamente registrados! Portanto, fica a dica: é proibido reproduzir, seja totalmente ou parcialmente, qualquer um desses conteúdos sem uma autorização prévia e por escrito. Proteja a criatividade, respeite o direito autoral!

Comments


bottom of page